Nil Junior

“Sentimento de injustiça”, diz filho de motorista morto após atingido por Porsche em SP

“sentimento-de-injustica”,-diz-filho-de-motorista-morto-apos-atingido-por-porsche-em-sp
“Sentimento de injustiça”, diz filho de motorista morto após atingido por Porsche em SP

“Um sentimento de injustiça gigantesco dentro de mim”, escreveu nesta segunda-feira (1º) em seu Instagram, Luam Silva, filho do motorista por aplicativo Ornaldo da Silva Viana, morto após o Renault Sandero que dirigia ter sido atingido pelo Porsche Carrera conduzido por Fernando Sastre de Andrade Filho.

O condutor do carro de luxo fugiu e se apresentou à polícia só 24 horas depois.

O caso ocorreu na madrugada deste domingo (31) na Avenida Salim Farah Maluf, na Zona Leste de São Paulo, e foi gravado por câmeras de segurança. Segundo testemunhas ouvidas pela Polícia Civil, o carro de luxo estava em alta velocidade. O limite de velocidade para a via é de 50 km/h.

Pelas imagens, é possível ver quando Fernando acelera o carro de luxo e bate na traseira do veículo de Orlando, que havia pisado nos freios e desacelerado. O Porsche ergue o Sandero, que é arremessado até a calçada. O veículo do motorista por aplicativo ainda bate num poste de iluminação.

Em sua rede social, o jovem ainda escreveu que fica se “perguntando porque o mundo é tão injusto de levar” seu pai. “O sentimento que eu carrego e de profunda tristeza e angústia”, comentou Luam. “Eu quero que a justiça seja feita.” Ornaldo foi velado e sepultado na tarde desta segunda no Cemitério Bonsucesso, em Guarulhos, Grande São Paulo.

About the author

Noticias do Sertão

As principais notícias do sertão nordestino você encontra aqui no noticiasdosertao.com.br.