Pernambuco

Gravatá: Polo da Sanfona atrai grande público com apresentações musicais que animam os amantes do forró

gravata:-polo-da-sanfona-atrai-grande-publico-com-apresentacoes-musicais-que-animam-os-amantes-do-forro
Gravatá: Polo da Sanfona atrai grande público com apresentações musicais que animam os amantes do forró
image 400

” data-image-caption data-medium-file=”https://i0.wp.com/pernambuconoticias.com.br/wp-content/uploads/2024/06/image-400.png?fit=600%2C400&ssl=1″ data-large-file=”https://i0.wp.com/pernambuconoticias.com.br/wp-content/uploads/2024/06/image-400.png?fit=696%2C464&ssl=1″ src=”https://i0.wp.com/pernambuconoticias.com.br/wp-content/uploads/2024/06/image-400.png?resize=696%2C464&ssl=1″ alt=”image 400″ data-recalc-dims=”1″>

O São João do Sítio em Gravatá estava repleto de alegria e tradição, transformando o ambiente em um verdadeiro cenário cinematográfico. Neste sábado (22) o Polo da Sanfona, localizado na Avenida Joaquim Didier, foi o coração das celebrações juninas. O evento contou com diversos atrativos, desde a praça de alimentação diversificada até pontos instagramáveis em forma de corações organizados pela Fabrik Desing, que encantaram os visitantes e se tornaram cenários perfeitos para fotos.

Entre os destaques culturais, uma banda de pífanos e os tradicionais bacamarteiros trouxeram a autêntica essência das festividades nordestinas.

No palco, a tradição do forró pé de serra se mesclou com o ritmo do forró estilizado, animando a todos com uma edição especial que contou com a participação de PV Calado, Edu Lira, Marcos de Lima e Jailson Rosset.

Aguinaldo Tenório, despachante documentarista, faz parte do Batalhão 99 Filhos de Sant’Ana, enfatizou: “É o primeiro ano da gente e só tenho a agradecer à Prefeitura de Gravatá por ter dado essa oportunidade a gente”.

image 402

” data-image-caption data-medium-file=”https://i0.wp.com/pernambuconoticias.com.br/wp-content/uploads/2024/06/image-402.png?fit=600%2C400&ssl=1″ data-large-file=”https://i0.wp.com/pernambuconoticias.com.br/wp-content/uploads/2024/06/image-402.png?fit=696%2C464&ssl=1″ src=”https://i0.wp.com/pernambuconoticias.com.br/wp-content/uploads/2024/06/image-402.png?resize=696%2C464&ssl=1″ alt=”image 402″ data-recalc-dims=”1″>

Guilherme Mollmaan, é faturista e veio de Jaboatão dos Guararapes com sua esposa para curtir a essência do São João. “Eu vejo como uma tradição que deve ser mantido a parte do pé de serra, dos bacamarteiros, porque a cultura deve ser mantida dessa forma. O São João é isso e não deve ser modificado tanto. Eu sou da tradição”, opinou.

Fonte: pernambuconoticias.com.br

Tags