Pernambuco

Em pleno São João, moradores de Gravatá reclamam de falta de água

em-pleno-sao-joao,-moradores-de-gravata-reclamam-de-falta-de-agua
Em pleno São João, moradores de Gravatá reclamam de falta de água
torneira agua 1

” data-image-caption data-medium-file=”https://i0.wp.com/pernambuconoticias.com.br/wp-content/uploads/2024/06/torneira-agua-1.jpg?fit=600%2C400&ssl=1″ data-large-file=”https://i0.wp.com/pernambuconoticias.com.br/wp-content/uploads/2024/06/torneira-agua-1.jpg?fit=696%2C464&ssl=1″ src=”https://i0.wp.com/pernambuconoticias.com.br/wp-content/uploads/2024/06/torneira-agua-1.jpg?resize=696%2C464&ssl=1″ alt=”torneira agua 1″ data-recalc-dims=”1″>

Em pleno São João e com a cidade tomada por turistas, Gravatá, agreste de Pernambuco, está sofrendo com a falta de água. Nas redes sociais e em programas de rádios locais a reclamação é uma só: FALTA DE ÁGUA.

São as mais diferentes comunidades que clamaram que mesmo com a ocorrência de chuva e a elevação do nível de água, diversas localidades estão sem receber água potável há mais de 15 dias.  

Estou sem um pingo de água em casa para fazer nada! Não tenho condições de comprar uma carga de água porque já paguei mais de R$ 200 reais de água. Se eu não pagar a fatura sou negativada. Pago como se tivesse consumido 10 mil litros de água, mas não tenho nem 2 mil litros consumidos”, disse Maria José, que mora no bairro das Graças.

Durante o governo de Paulo Câmara (PSB) o volume de água enviada da barra de Amaraji (PE) para Gravatá dobrou, no entanto, atualmente, várias localidades ainda sofrem com o abastecimento.

Fonte: pernambuconoticias.com.br