Mais Pajeu

Em entrevista à Pajeú Danilo Simões aborda vários temas, confira

em-entrevista-a-pajeu-danilo-simoes-aborda-varios-temas,-confira
Em entrevista à Pajeú Danilo Simões aborda vários temas, confira

Danilo Simões, líder político e pré-candidato a prefeito de Afogados da Ingazeira, reiterou seu compromisso com a renovação política e lançou críticas à atual gestão municipal durante uma entrevista no Debate das Dez da Rádio Pajeú, realizada nesta quinta-feira (16).

Na entrevista, Danilo abordou diversos temas. Ele ressaltou a importância do apoio popular e da estrutura política para sua campanha, enfatizando que não pode ir para a disputa sem ter apoio político.

“Creio que ela não precisa mais fazer nenhum gesto em relação a minha pessoa. Tenho a convicção de que terei o apoio da governadora e do grupo político que a sustenta no estado. Se isso será externado amanhã, daqui a um mês ou daqui a dois meses, pouco importa para mim. O que importa é ter a garantia de que, ao ganhar as eleições em Afogados da Ingazeira, terei a parceria total do Governo do Estado para ampliar ainda mais as ações para o município”, afirmou Danilo sobre o apoio da governadora Raquel Lyra, que tem sido questionado pela situação. Lembrou ainda que desde dezembro passado lançou sua pré-campanha e que desde setembro conversa com o ministro André de Paula e posteriormente decidiu entrar no PSD, ganhou o apoio do grupo de oposição de Afogados. Agradeceu Zé Negão por retirar o nome dele, diise que foi um gesto de grandeza e que Zé entendeu que o nome dele (Danilo) aglutinava mais gente.

Quanto ao impasse com o Gerente de Articulação Regional da Casa Civil, Mário Viana Filho, Danilo explicou que tentou alinhar-se localmente com o PSDB, mas encontrou resistência por parte de Mário, que sempre transferia a decisão para a governadora. “As portas para o diálogo não estão fechadas”, enfatizou Danilo, “e continuo buscando uma solução”.

Danilo também disse estranhar a falta de defesa da governadora por parte de Mário quando enquanto ela é atacada por membros da Frente Popular do município.

Danilo continuou usando boa parte da entrevista para criticar a gestão em diversos temas e por outro lado defendeu o governo de Raquel Lyra, lembrou que a governadora pegou um estado falido.

O líder da oposição de Afogados da Ingazeira também comentou sobre a formação da majoritária e a possibilidade do vereador Edson Henrique compor a chapa com ele. “Eu acho que o nome de Edson Henrique é um nome extremamente qualificado, ele já demonstrou isso por diversas vezes e eu tenho recebido grandes elogios da atuação dele como líder da oposição, é um rapaz extremamente centrado, inteligente, jovem que tem disponibilidade para ajudar. O que a gente tá fazendo é se unindo para ganhar as eleições, eu entendo que é um nome extremamente qualificado e que me honraria muito na composição da chapa e é uma coisa que eu acho que vai acontecer naturalmente”, afirmou.

Fonte: maispajeu.com.br