Blog Caue Rodrigues

Carnaíba: Irmão do Presidente da Câmara já faturou mais de R$ 100.000,00 da Prefeitura. Afirma Site

carnaiba:-irmao-do-presidente-da-camara-ja-faturou-mais-de-r$-100000,00-da-prefeitura.-afirma-site
Carnaíba: Irmão do Presidente da Câmara já faturou mais de R$ 100.000,00 da Prefeitura. Afirma Site

O Site Jornal Portal do Sertão, que vem mostrando várias denuncias sobre a gestão de Carnaíba, publicou nesta terça feira mais uma matéria em que afirma que o irmão do Presidente da Câmara de Vereadores já recebeu um montante de mais de 100 mil reais como prestador de serviços da prefeitura.

Confira:

A farra com o dinheiro público continua em Carnaíba. De acordo com o portal da transparência, Adilson Queiroz Mendes, irmão do vereador e presidente da Câmara, Alex Mendes, já embolsou mais de R$ 100.000,00 dos cofres do município. Sim, você leu certo: mais de cem mil reais. E tudo isso com processos de licitação que são verdadeiros convites para uma visita do Ministério Público.

Sob a máscara de MEI – Microempreendedor Individual, aliados políticos do prefeito estão recebendo quantias assustadoras, com a cereja do bolo sendo a suspeita de que esses serviços nunca foram prestados.

Adilson, por exemplo, tem um contrato via MEI para atuar como construtor de calçamento e também pelo serviço de limpeza pública da Lagoa do Caroá. Os moradores, porém, dizem que ele nunca foi pedreiro e que trabalha apenas dois dias por semana recolhendo lixo. E para isso, ele recebe R$ 5.306,00 por mês, diretamente autorizado pelo prefeito Anchieta Patriota.

Leia mais após a publicidade

Recentemente, surgiu uma denúncia contra um assessor da Câmara de Vereadores da mesma localidade, que recebe pelos mesmos serviços. De janeiro até agora, Adilson já recebeu R$ 31.836,00 referentes a serviços de pavimentação em diversas ruas do Povoado de Lagoa do Caroá. No entanto, os moradores desconhecem essa pavimentação, já que o último calçamento feito na localidade foi em 2023, e Adilson, que é conhecido por todos, não fincou nenhuma pedra.

Em entrevista a um blogueiro, o ex-secretário de infraestrutura declarou que o prefeito teve uma “sacada genial” ao contratar esses MEIs. A verdade é que essa conduta legal esconde um sério esquema de ilegalidade. Além de não ser correto fatiar a prestação de um serviço em pequenos lotes, é evidente que os serviços não são prestados conforme descrito nos contratos.

Enquanto o desemprego é o principal problema na cidade, os apadrinhados do governo riem da cara dos carnaibanos, exibindo seus gordos salários sem trabalhar. As contínuas denúncias finalmente chamaram a atenção do Tribunal de Contas e do Ministério Público, que, esperamos, tomem uma providência urgente.

Fonte: blogdocauerodrigues.com.br